Uma ponte geradora de energia limpa

Sabe um dos principais problemas da geração de energias mais sustentáveis, como solar e eólica? Espaço. 

Não estou dizendo que essas tecnologias são inviáveis, obviamente – até porque, com tanto terreno amplo e vazio no planeta, reclamar de falta de espaço parece um arroubo de burrice. Só que não é. 

De que adiantaria encher o deserto do Saara com torres eólicas ou paineis solares, por exemplo, se o custo de transportar a energia gerada fosse impeditivo? 

Pois é: há que se considerar espaços grandes, em boas condições e relativamente próximos de ambientes com grande demanda por energia. Aí sim a coisa complica. 

E aí entra, também, possibilidades novas de soluções. 

Uma delas veio da Calábria a partir de um concurso promovido pelo governo para aproveitar melhor a estrutura de uma ponte velha que estaria prestes a ser demolida. 

E pontes, curiosamente, costumam atender a todos os requisitos para a geração de energia: tem plataformas planas viradas para o sol; ligam comunidades diferentes, o que significa que tendem a estar relativamente próximas delas; e tem todo um espaço sub-utilizado abaixo delas pode onde costuma ventar bastante. 

Nasceu o projeto chamado Solar Wind. 

Nele, a parte de cima da ponte, por onde os carros passam, teria o asfalto substituído por placas solares resistentes e o vão, abaixo, tomado por turbinas eólicas. O resultado: apenas essa ponte geraria 40 milhões de kWh por ano, o suficiente para abastecer 15 mil famílias pelo mesmo período. 

Infelizmente, esse projeto ficou em segundo lugar no concurso – mas as possibilidades abertas por ele são tão infinitas quanto empolgantes.

   
 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s