O mundo grelhado de 2100

Sabe aqueles filmes de catástrofe, em que o planeta praticamente derrete e cabe ao presidente americano salvar o mundo com algum arroubo de heroísmo? 

Pois é: exceto pela parte do presidente americano – principalmente considerando que, do ponto de vista ambiental, os EUA estão muito mais para vilões do que para heróis – parece que essas previsões não estão assim tão distantes. 

O mapa abaixo foi gerado pela NASA com base em 21 diferentes modelos climáticos que usam dados históricos do nosso tempo combinados com previsões baseadas em um cenário que eles chamam de “business as usual”. Ou seja: se nada mudar na forma com que o mundo é gerido, é isso que deve acontecer: 

    

Para se ter uma ideia, no começo de 2015 o mundo atingiu o seu pico na concentração de CO2: 400 partes por milhão; em 2099, teremos superado as 900 partes por milhão, o equivalente a 0,1% de toda a atmosfera. Se costumamos reclamar quando os picos no verão carioca chegam a 40 graus, imagine quando essa for a média! Isso sem contar com cidades fora da costa, que ficarão oscilando entre 40 e 45 graus. 

Trechos da costa oeste americana e toda uma faixa no norte da África, Oriente Médio, sul da Europa e Índia conviverão com escorchantes 50 graus de temperatura – e ainda terão tantos desastres decorrentes disso que suar será a menor das preocupações. Afinal, temperaturas elevadas assim abrem toda uma caixa de Pandora com derretimento de calotas polares, elevação do nível do mar, desaparecimento de pedaços inteiros da costa, tempestades fora de controle e assim por diante. 

Parece que o mundo vai ficar um tequinho mais caótico nos próximos tempos. Esperemos que os nossos filhos e netos tenham o que for necessário para salvar a nossa espécie – ou ao menos para descobrir formas mais inteligentes e inovadoras de se viver no inferno. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s